As 5 perguntas sobre orquídeas mais procuradas no Google

Quais são as dúvidas mais comuns sobre orquídeas? Quando nos fazemos esta pergunta, temos várias formas de encontrar a resposta, e por isso decidimos buscar as sugestões no espaço de pesquisa mais usado da internet. Então, para saber responder às perguntas mais procuradas no Google, basta ler os tópicos e depois sair contando para os amigos!

1- Por que as orquídeas amarelam as folhas?

Os motivos para as orquídeas ficarem com as folhas amareladas são muitos, e quase todos eles são contornáveis para as Phalaenopsis. Um deles pode ser o excesso de luminosidade. Se este for o caso, basta reposicionar a planta onde ela não receba tanto sol. Se a tonalidade amarela vier com manchas ou pontinhos, o problema pode ser fungo, e para isso é preciso usar um tratamento com fungicida!

Outra fonte de “amarelamento” são os pulgões, cochonilhas e outras pragas. Geralmente o amarelado vem junto de áreas esbranquiçadas, mas pode ser que causem apenas o tom de amarelo, e devem ser combatidos com inseticidas próprios. A deficiência nutricional e o stress por mudança de local (quando você compra uma planta nova, por exemplo) ou de substrato (quando você faz um replantio) são outros problemas que podem ser solucionados com bons adubos! Por fim, a “velhice natural” é quando a planta já está madura e descarta as folhas de sua base – e quando isso acontecer, basta deixar que ocorra, cortando-as quando estiverem secas.

 

Para aprender a cuidar de orquídeas doentes, veja vídeo da Carol Costa no nosso Youtube

https://www.youtube.com/watch?v=XX-cxNzXqMM&t=25s

2- Por que as orquídeas não florescem?

Em média, Phalaenopsis florescem duas vezes por ano. No entanto, se a floração não está vindo pelo menos anualmente, sua saúde deve ser investigada. Trocar de substrato (principalmente se ele estiver velho), levar para um ambiente com mais luz e adubá-la são as atitudes que devem resolver o problema!

3- Por que as orquídeas não são consideradas parasitas?

Existem algumas espécies de plantas consideradas parasitas, ou seja, que se alimentam da seiva de outras plantas. Uma das mais famosas no Brasil é a erva-de-passarinho, que pode até matar uma árvore se conseguir “invadi-la”. As orquídeas e bromélias, no entanto, são epífitas, ou seja, apenas permanecem em cima de galhos e troncos, mas sem utilizar nada dos nutrientes das árvores. A função ecológica das plantas epífitas (ou seja, o papel dentro das matas) é fornecer alimento e água para espécies que vivem nas partes altas das florestas, e ainda ajudam em um processo biológico muito importante chamado “ciclagem de minerais”.

4- Por que as orquídeas murcham as folhas?

Essencialmente, três grandes problemas podem ser a causa das folhas murchas: a falta de irrigação, o substrato velho, e a falta de nutrientes. Por isso, verifique se a sua Phalaenopsis está sendo bem regada, levando em consideração o calor e o escoamento da água para que ela não fique parada! Trocar o substrato e oferecer mais nutrientes em forma de adubo pode ajudar a resolver o problema!

5- Por que as orquídeas ficam com as folhas vermelhas?

Muito mais raras, porém capazes de assustar os orquidófilos, são as manchas vermelhas nas folhas. Caso as folhas fiquem com cor avermelhada, é bem possível que seja um problemas de iluminação, como é o caso das amareladas. No entanto, pode ser que sejam apenas pintas nas folhas quando produzem essa pigmentação, o que não significa nada e pode ser encarado como algo normal!

Diversas dicas de cuidados:

http://sitiokolibri.com.br/categoria/cuidados/