5 coisas que você precisa saber sobre a hibernação da Phalaenopsis

hibernação: como fazer

Já falamos antes sobre o período de hibernação de orquídeas. Portanto, você já deve saber que, após a florada, a sua Phalaenopsis vai precisar de um longo tempo (que pode ser de seis a nove meses) de hibernação. O período de hibernação já começa quando as flores começam a cair e a haste começa a secar (ou quando o dono da planta opta por cortar a haste antes disso).

No entanto, muitas pessoas ainda se confundem com o que devem realmente fazer, ou ficam preocupadas a respeito de possíveis pragas, e até mesmo achando que as orquídeas podem morrer. Portanto, aqui vão algumas coisas importantes sobre a hibernação da Phalaenopsis.

 

1- As folhas ficam mais foscas e “pra baixo”

Durante a hibernação, logo após a florada, é normal que a orquídea pareça “doente”. Na verdade, o processo de hibernação faz com que o verde das folhas fique um pouco menos chamativo. Muita gente chega a jogar fora as orquídeas, pensando que vão morrer, mas não é verdade! Elas apenas passam um tempo sem tanto brilho para que possam finalmente voltar a florescer depois de algum tempo!

 

2- Fertilizantes ajudam muito!

O uso de fertilizantes e adubos em uma frequência mensal podem ajudar bastante as orquídeas a se recuperarem e voltarem a dar flores em menos tempo, ou pelo menos em floradas mais carregadas.

Folhas enrugadas em orquídeas Phalaenopsis - como cuidar e o que fazer

3- Ver cada detalhe diário é lindo!

Se sua orquídea está hibernando, tenha você cortado as hastes ou não, aproveite para acompanhar as mudanças que ela terá gradativamente! Aos poucos, você verá algumas folhas murchando, ou novas folhas surgindo. Pouco a pouco, é comum que novas raízes surjam, ou quem sabe um “keiki” em algum lugar! Cada transformação vagarosa é sempre um encanto para os olhos!

 

4- Saiba identificar pragas e “machucados”

Como as orquídeas podem estar suscetíveis a pragas, muitas pessoas se desesperam ao ver uma mancha nas folhas ou algo um pouco diferente. No entanto, muitas vezes essas manchas são apenas “machucados” decorrentes da fragilidade do processo de hibernação. Muitas pessoas acabam cortando folhas ou tomando atitudes drásticas sem precisarem, pois acreditam que tem algum fungo na planta, quando na verdade são apenas transformações. Nestas horas, é importante ter paciência e apenas ficar de olho!

 

5- O tempo mais fresco só ajuda!

O processo de hibernação da Phalaenopsis é facilitado e melhorado se ela estiver em um local fresco! Portanto, movê-la a um local mais frio ou com um pouco menos de luminosidade pode ser uma ótima pedida para que ela se recupere com mais rapidez!