4 fatos sobre mudas de orquídeas que você talvez não saiba!

Keiki - mudas de orquídeas

Aposto que você está procurando por mudas de orquídeas, já perguntou se vendemos mudas aqui no Sítio Kolibri, e vive querendo saber onde adquirir mudas de orquídeas, certo?

Pois é. Acontece que mudas de orquídeas não são as coisas mais fáceis de se conseguir, além de frágeis e de difícil desenvolvimento. Diferente de muitas outras espécies de plantas, que possuem sementes e podem ser plantadas na terra, as orquídeas se desenvolvem por meio do surgimento de brotos de outras orquídeas na natureza.

No mundo da jardinagem, o processo de plantio das orquídeas exige muito cuidado e passa até mesmo pelo desenvolvimento de “sementes” em laboratório. É por isso que nós do Sítio Kolibri produzimos e distribuímos os vasos já floridos e resistentes.

Keiki - mudas de orquídeas

Entenda mais sobre as mudas de orquídeas:

 

1- Ambiente úmidos e de pouca luz geram keikis

Se você quer que a sua Phalaenopsis gere um keiki, ou seja, uma orquídea “bebê”, você provavelmente vai conseguir isso quando a sua orquídea tiver passado da florada dela e começar a ficar em um ambiente com umidade e pouca luz. Se for o caso, mude o vaso de lugar e aguarde!

 

2- O processo de crescimento é lento

O tempo das orquídeas é um pouco mais lento, como você já deve ter percebido. Ao mesmo tempo em que as floradas podem ser duradouras, elas podem demorar para crescer ou dar respostas a mudanças! É por isso que o crescimento das orquídeas “bebês” é bastante lento. Do momento em que as mudas chegam aqui até o ponto em que estão prontas para a venda, demora pelo menos 55 semanas até que elas fiquem grandes e floridas (isso em estufas com ambiente controlado)!

 

3- Plantar sementes: só em laboratório

Se você gostaria de plantar sementes de orquídeas e ver o crescimento desde o início, vai precisar ir a um laboratório! É que o desenvolvimento de orquídeas a partir de sementes é feito com uma série de técnicas, cuidados e ambientes controlados e, portanto, é quase impossível fazer algo parecido em casa.

 

4- Retire o keiki só quando as raízes estiverem grandes!

Se a sua orquídea formou um keiki e você quer retirar esta muda, espere as raízes dela terem pelo menos 4 cm de comprimento! Antes de terem esse tamanho, elas podem não ser suficientes para absorver os nutrientes necessários.