Substrato para Orquídeas: Carvão, Chips de Fibra de Coco ou Musgo, qual é melhor?

Cuidados
Substrato

Se formos pensar o que é o melhor substrato para orquídeas, podemos levar em consideração que precisam de umidade na medida certa, mas também espaço para arejar e nutrientes para crescer forte e dar flores lindas, certo?

 

Então, para isso, sua escolha não tem que ser carvão ou fibra de coco, ou musgo, e sim uma combinação dentre os nove tipos possíveis de substratos. Um alinhamento entre dois ou três tipos deles já é suficiente para que as orquídeas consigam ter consagrado o seu “mundinho ideal”.

Confira os principais substratos para orquídeas:

 

Fibra de coco:

Processados e comercializados por empresas;

– Precisam ter passado por processos de dessalinização e esterilização, pois suas fibras salinas podem necrosar as raízes.

– Duração de 2 anos

– Usar puro ou com outro substrato;

– Secagem da rega em tempo moderado;

 

Musgo:

– Retirado dos leitos dos rios o que causa impacto ambiental e pode causar extinção;

– Utilizar somente de empresas que cultivam o musgo;

– Estimula o enraizamento, por esse motivo é muito usado em plantas novas que precisam de cuidados especiais

– Indicação é misturar com outros substratos para equilibrar a umidade evitando o apodrecimento da raíz;

– Secagem da rega em tempo moderado

 

Carvão vegetal:

– Proveniente da carbonização de madeira;

– Ótimo substrato para principalmente locais úmidos;

– Aerado o que facilita a drenagem da rega;

– Bactericida natural e repelente de pragas como lesma;

– Por ser excelente na drenagem é recomendado usá-lo acompanhado de outro substrato que retenha água;

– Precisa ser lavado uma vez por mês por ficar impregnado com o sal das adubações;

– Duração de 2 a 3 anos.

 

Casca de pinus:

– É o substrato mais usado;

– Mistura-se normalmente com outro para melhor aeração;

– Ele ajuda a manter umidade e adubação por um período de tempo;

– Precisa se deixado de molho e ir trocando sua água, até que fique cristalina, antes de utilizar. Possui tanino que é prejudicial para as raízes;

– Ao final do processo de limpeza da casca deixar de molho em água sanitária para matar fungos e bactérias, somente ai lavar e utilizar.

 

Casca de árvores:

– É um substrato que pode ser usado como vaso;

– Comumente utilizado dentro de cachepôs ou vasos de barro;

– Saiba antes de usar a quantidade de tanino da casca e se necessário faça a limpeza.

 

Escolha o substrato para orquídeas que fizer mais sentido para você e for mais fácil de encontrar.