3 práticas que um orquidófilo deve dominar

Será que você domina todas as práticas que um orquidófilo precisa saber? A paixão por orquídeas costuma demandar muitos aprendizados no começo, e quando nos damos conta, estamos cheios de novas habilidades.

É por isso que é tão gostoso ser um orquidófilo! A cada dia, aprendemos algo novo. A cada flor que cuidamos, surgem possibilidades de trabalhos manuais e práticas diferentes. É como se cada orquídea fosse diferente e exigisse cuidados diversos. Por isso um orquidófilo experiente consegue acumular habilidades cada vez mais abrangentes!

Mas quais seriam as práticas mais importantes? Será que você pode se considerar um orquidófilo perito no assunto? Confira a lista abaixo e faça o teste: se você domina a maioria das práticas, é porque está no caminho certo!

1- Trocar de vaso

Você sabe fazer o replantio? Conhece as regras básicas de analisar o tamanho das raízes para definir se é a hora de trocar a casinha da planta? Lembra-se que na época de floração isso não pode ser feito? Muita gente não sabe! Fora que ainda tem muitos orquidófilos inexperientes que não sabem da importância de ter cuidado ao manusear a orquídea. É importante não puxar com força e deixá-la bem organizada no novo vaso, para que não fique solta!

Aprenda com a Carol Costa dicas para trocar vaso

Mais matérias sobre troca de vaso

2- Regar adequadamente

Outra prática que é uma verdadeira habilidade a se desenvolver é a da rega. Saber analisar o quanto de água pode aplicar, ficar de olho nas raízes que estão apodrecendo, e até usar o borrifador com cuidado é fundamental. Parece fácil, mas muita gente acaba jogando água demais (ou de menos) na pressa do dia a dia!

Aprenda aqui com a Carol Costa essa técnica de borrifar

Mais matérias sobre rega

3- Criar adubos orgânicos

É claro que existem vários adubos e fertilizantes químicos que você compra pronto na loja, dilui e depois só precisa aplicar. Mas os orquidófilos mais experientes com certeza já fizeram aquelas receitas caseiras de adubo orgânico, diluindo itens como talco e torta de mamona ou canela em pó. Tem os que você dilui em água e aplica diretamente com o borrifador, mas tem também os sólidos, que ficam em um saquinho e soltam nutrientes a cada rega. E você? Já fez uma dessas receitas em casa?

Aprenda aqui com a Carol Costa no nosso canal do Youtube