Como escolher sua orquídea na hora da compra

como escolher sua orquídea

Quando você chega em uma floricultura, um supermercado, ou qualquer outro ponto de venda de orquídeas, com certeza os olhos se encantam pelas flores. Mas de todas as opções disponíveis, como escolher sua orquídea?

 

Engana-se quem acha que basta fazer uni-duni-tê e pegar o primeiro vaso ao alcance das mãos. Orquídeas não são todas iguais, e muitas delas podem estar impróprias para a compra. E quando você sabe escolher um produto de boa qualidade, você não apenas garante a melhor flor para a sua casa como ainda mostra para o vendedor que ele deve prestar atenção na qualidade daquilo que vende.

 

Por isso, vamos listar os principais pontos que você deve observar ao escolher sua orquídea na hora da compra!

 

Folhas desidratadas ou murchas

Observe se as folhas da orquídea estão murchas ou desidratadas. Muitas vezes as flores parecem bonitas e vistosas, mas quando você baixa o olho para as folhas e vê que elas estão enrugadas ou retorcidas, isso significa que a flor não estão tão saudável, e portanto terá uma durabilidade menor!

 

Folhas com manchas e queimaduras

Muitas vezes, as folhas não estão retorcidas ou enrugadas, mas estão cheias de manchas, com espaços de queimadura ou até mesmo pequenas pragas! Será que você deve comprá-la? Na-na-ni-na-não! Avise o vendedor sobre isso e deixe o vaso de lado.

 

Raízes secas

Olhe para as raízes. Será que elas estão com cor saudável? Se elas estão verdes e vistosas, isso é ótimo! Mas as raízes de cor acinzentada e secas indicam uma flor não muito saudável. Esse indicativo é importante para saber se a orquídea pode ser comprada ou se já está perdendo a saúde.

 

Flores quase murchas

Muitas vezes, as folhas até estão saudáveis, mas as flores em si já estão no final da florada, ou seja, se você prestar atenção nos cabinhos e na textura delas, verá que em breve vão cair. Se a ideia é comprar orquídeas que durem muito tempo, é melhor que não seja esta opção!

 

Falta de botões

Outro ponto a ser observado é se a orquídea está com botões ou não. Você pode comprar um vaso com todas as flores já nascidas, mas isso significa que ele vai durar um pouco menos. Se você está ciente disso, não tem problema nenhum! No entanto, note que a existência de botões de flores é um ponto importante e que mostra que aquela orquídea está, além de saudável, no início da sua florada!

 

Folhas levemente tortas

Outro ponto a ser observado é no quanto as folhas estão tortas! Não tem problemas se elas estiverem levemente tortas: isso acontece e pode ser recuperado. No entanto, as folhas retinhas, em conjunto com os outros fatores, como a existência de botões e todos esses indícios de que ela está saudável, são o indicativo de que ela está totalmente saudável!

 

Estes três últimos fatores – flores quase murchas, falta de botões e folhas levemente tortas – nem sempre são totalmente negativos: eles apenas indicam que a orquídea não está no início da sua florada, e portanto devem ser considerados! Se mesmo assim você topar levar o vaso para casa, leve por sua conta e risco!

 

Confira o vídeo abaixo: