Guia de orquídeas da Índia tem 1256 espécies, incluindo Phalaenopsis

Banyan Tree - the botanical survey of india

Uma pesquisa a respeito de plantas feita na Índia (The Botanical Survey of India) conseguiu reunir o primeiro grande “censo de orquídeas” do país (e um dos maiores do mundo), e contou 1256 espécies. Chamado de “Orchids of India: A Pictorial Guide”, a publicação que detalha as espécies de orquídeas foi anunciada pelo “Ministro do Meio Ambiente, Florestas e Mudanças Climáticas” do país.

 

Do total de espécies contadas, a lista calcula que 388 espécies são endêmicas da Índia. Do total de orquídeas listadas, 755 possuem fotos. Na publicação, são mostradas as três diferentes categorias das orquídeas: epífitas (que crescem em árvores ou rochas, sem consumir nutrientes do lugar onde crescem), terrestres (que crescem em terra comum), e mico-heterotróficas (que não possuem cloroplastos e vivem em associação com um fungo, retirando deste todos os nutrientes necessários ao seu desenvolvimento). A maioria é epífita, seguida das terrestres, com uma minoria de mico-heterotróficas.

5 inspirações de decoração para orquídeas Phalaenopsis

Enquanto as orquídeas epífitas se adequam mais ao clima ameno (e se destacam na região dos Himalaias), as de terra são mais comuns em grandes altitudes, e as que dependem de fungos preferem locais mais quentes.

Devido à importância das orquídeas na floricultura, a publicação vai poder ser utilizada por pesquisadores e outros profissionais. Biológica e evolutivamente, a superioridade das orquídeas está no fato de serem estruturas florais complexas e capazes de polinização cruzada, o que permite tanta variedade.