11 buquês de noiva com Phalaenopsis para se inspirar

Quem não gosta de buquês de noiva? Eles são lindos, encantam os olhos, e inspiram até mesmo quem não está planejando o casamento. Também chamado de “bouquet”, para quem preferir a grafia original em francês, o arranjo de flores mais tradicional dos casamentos tem uma história que remonta a Grécia antiga, quando as noivas carregavam arranjos de alho, acreditando que eles atrairiam sorte para a vida do casal.

 

Pensando nisso, decidimos procurar por nada menos que 11 buquês de noiva com orquídeas Phalaenopsis, uma das flores mais utilizadas nos buquês. Você verá que as flores de cor branca são as mais comuns, pois combinam com o vestido e remetem à pureza que o casamento geralmente representa. No entanto, é possível usar a criatividade e variar as cores também!

 

1- Este buquê em formato de cascata – um dos formatos mais tradicionais – reúne ramos de folhas que formam um contorno para o arranjo, e ainda varia as flores com orquídeas brancas de outra espécie na ponta.

 

2- Outro tipo de buquê muito comum é o formato “taça”. Neste caso, as orquídeas brancas foram alternadas com as de cor rosa, combinando pureza e romantismo. O segredo para esse tipo de buquê é não exagerar na quantidade!

 

3- Se a ideia é caprichar e mostrar elegância com extravagância, então um buquê cascata com esse tamanho todo pode agradar. Para que ele se mantenha, é necessário que as flores Phalaenopsis estejam bem presas umas às outras.

 

4- Outra em formato de cascata, desta vez muito maior e mais sofisticado. Os buquês de noiva maiores podem muito bem seguir o padrão deste: folhas verdes também maiores, que formem um bom contraste, e flores com alguma cor, para que haja maior variedade de tons.

 

5- As Phalaenopsis podem também dividir o estrelado do buquê com outras flores. É o caso deste, no qual elas foram combinadas com rosas. Note também que, além de ser em formato cascata, o buquê também é bastante fino, o que traz uma delicadeza que combina com as flores, já que as rosas ocupam menos espaço do que as orquídeas, cujas pétalas são mais abertas.

 

6- Além do formato cascata, existe o formato braçadeira, que nada mais é do que um arranjo bem maior, que exige que seja segurado com apoio nos braços da noiva. Além de ser muito mais arrojado, ele chama mais atenção e ganha destaque na cerimônia. Nesta opção, são valorizadas as orquídeas de tons púrpura, e além das Phalaenopsis, há outros tipos.

 

7- Estiloso, diferente e repleto de curvas! Este grande buquê em formato de cascata traz diversos ramos curvados e devidamente tratados para não secarem e nem se quebrarem. Note que ele também utiliza botões de Phalaenopsis para dar um ar de vivacidade e que representa o ciclo da vida! Não é inspirador?

 

8- Outro em formato cascata. Note que ele traz rosas e tulipas, mas as Phalaenopsis é que dão o tom do buquê.

 

9- Curioso por misturar o formato taça com o formado cascata, este buquê também intercala Phalaenopsis com rosas e outros tipos de flores. Apesar do tom claro e das orquídeas brancas, o rosa predomina, dando um romantismo especial. É tudo uma questão de ornar o buquê com o tom da festa!

 

10- Se a ideia é valorizar a simplicidade, então esse buquê é o ideal: as Phalaenopsis brancas trazem a sofitsticação, mas o arranjo simples e o formato redondo mostram que não há incrementos: apenas o básico.

 

11- As orquídeas Phalaenopsis mais graúdas permitem um buquê como esse, que se destaca ao mesmo tempo em que remete à simplicidade, já que as folhas e os ramos ao redor trazem à tona um pouco do rústico.

Para conhecer a história do surgimento dos bouquets de noiva

Para se derreter com mais inspirações, veja nosso Pinterest