Schefflera Gold Capella: tudo sobre a árvore

Está chegando ao Sítio Kolibri mais uma planta incrível na Linha LARIS, nossa linha de plantas verdes: a Schefflera, que tem o nome completo de Schefflera Gold Capella, e é a mais nova queridinha dos amantes de folhas verdes.

Fácil de cuidar e dona de um verde invejável a Schefflera Gold Capella é capaz de transformar qualquer casa em um ambiente dez vezes mais aconchegante. Mas como cuidar, realmente? De onde vem esta planta? Onde devo colocar? Confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre ela!

Schefflera: seu “sobrenome” e sua origem

Existem diversas árvores do gênero Schefflera, cada uma com seu tamanho e características. Todas elas têm as folhas com o mesmo formato, com ramos que geram um conjunto com 7 a 9 folhas em círculos.

O número de folhas gerou até mesmo um outro nome na língua inglesa: nos Estados Unidos, ela tem o nome popular de “Octopus Tree”, ou seja, “árvore polvo”, já que os ramos geram oito folhas com muita frequência, que é o mesmo número de pernas do animal marinho.

As plantas do gênero têm origens em terras banhadas pelo oceano pacífico: a árvore guarda-chuva tem origem na ilha de Taiwan, enquanto suas “primas” podem vir de países como Austrália e Papua Nova-Guiné.

 

Tamanho ideal para ficar em casa

Se criada em ambiente interno e plantada em um vaso, a Schefflera da linha de produtos do Sítio Kolibri não ultrapassa os 2 metros de altura, formando uma pequena árvore na sala, e as folhas não passam dos 13cm de comprimento (sendo uma média de 10cm). Caso criadas em ambiente externo, elas podem ficar bem maiores e chegam até mesmo a gerar pequenos frutos.

 

Luz (sem sol direto) e água sem exageros

Para cuidar da sua Schefflera, mantenha a planta longe do sol direto, mas com acesso a boa iluminação. Ela adora salas arejadas e iluminadas, ou terraços e sacadas com cobertura. Folhas muito alongadas ou amarelas indicam excesso de sol.

Na hora de regar, é importante atentar-se à quantidade: embora a Schefflera seja resistente a solos muito úmidos, ela não gosta de permanecer na umidade por muito tempo. A melhor forma de controlar a rega é esperar a terra ficar bem seca, e então molhar com água em abundância. Mesmo assim, mantenha a planta sempre em vasos com drenagem! Ah, e borrifar água nas plantas pode ser uma boa ideia, mas evite frequências altas: a cada duas semanas é uma boa ideia.

 

Tempo, poda e fertilizantes

Por serem plantas de clima tropical, as Scheffleras não gostam do frio. Se ficar abaixo de 15 graus, ela vai sofrer, mas isso não deve ser problema para as plantas criadas dentro de casa no Brasil. Aumente as regas em caso de clima seco, e fique sempre atento às quedas de folhas: se ocorrerem, aumente a frequência de água..

Procure também podar as ramificações excessivas ou de folhas fracas. No período da primavera (e não ao longo do ano todo!), procure aplicar fertilizantes por uma a duas vezes por semana, assim você garante mais nutrientes para que ela se desenvolva! Dependendo do tamanho que ela alcançar, pode ser necessário utilizar um suporte (como um cabo de madeira ou metal) para impedir que ela caia ou ocupe muito espaço para os lados!

 

Troca de vaso

A Schefflera Gold Capella pode ficar por cerca de 2 anos no mesmo vaso, mas depois disso ela pode necessitar de um espaço maior. Quanto mais ela ficar no mesmo vaso, mais você atrasa seu crescimento (assim como podá-la). Na hora de trocar de vaso, você pode encharcar a terra para soltar as raízes, e então remover a planta para fazer a mudança.

 

Doenças mais comuns

A Schefflera é bastante resistente a doenças e não costuma ter muitos problemas. Alguns fungos gerados nas plantas podem ser combatidos simplesmente com a redução de água na rega e nos borrifos. Caso os fungos permaneçam, use um fungicida.

Os pulgões são outra praga que pode acometer a árvore. Venenos contra eles ou receitas orgânicas já ajudam a combatê-los.

Casos de manchas escuras de coloração marrom podem significar falta de água, então o aumento na frequência de regas deve resolver.

 

Atenção com crianças e pets

Mesmo sendo lindas e encantadoras, as folhas da Schefflera possuem um componente chamado de oxalato de cálcio, que é tóxico para humanos e animais. Portanto, é importante atentar-se para que crianças e animais domésticos não façam a ingestão destas folhas.