Nova espécie de orquídea é encontrada no Pará

Quer conhecer uma nova espécie de orquídea? Pois é: a natureza não para de nos surpreender, e depois de conhecermos a “orquídea mais feia do mundo”, cientistas da cidade de Belém (PA) encontraram a flor de uma nova espécie de orquídea.

Na verdade, trata-se da Vanilla labellopapillata, espécie de orquídea que já tinha sido vista no município de Melgaço, também no Pará, tornando-se o segundo registro no estado, onde esta flor foi descoberta.

O registro da nova espécie de orquídea só foi possível graças ao trabalho do Projeto “Flora do Parque Utinga”, em parceria com o Museu Paraense Emílio Goeldi e o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), reforçando a importância de se investir em produção científica.

A descoberta reforça a necessidade de se incentivar a preservação da natureza mesmo em espaços urbanos de crescimento desordenado, como é o caso da capital paraense. O pesquisador Leandro Ferreira, coordenador do projeto, ressalta a importância de que as pessoas não peguem orquídeas da natureza: muitos colecionadores acabam coletando esse tipo de flor, mas isso pode causar um desequilíbrio irreversível na flora local. Por isso, apenas pesquisadores autorizados devem intervir na coleta de orquídeas da natureza.

A Vanilla labellopapillata também já foi descoberta próxima de Manaus, e portanto é uma orquídea típica do bioma da Amazônia.

Saiba mais: https://agenciapara.com.br/noticia/24388/